Dr Pyckle and Mr Pride - Stan Laurel - Scott Pembroke - 1924


O filme mostra o Dr. Pyckle que usa a si próprio como cobaia para experimentar uma nova droga que o transforma em um brincalhão compulsivo, o Mr. Pride, que engana a polícia enquanto corre por Londres buscando novas vítimas para suas piadas. 

O filme é muito bom, com uma atuação hilariante do Stan.


Dr Pyckle and Mr Pride
Direção: Scott Pembroke e Joe Rock
EUA / 1925
Preto e branco
Sem som
Duração: 19:43 min
Elenco






Assistir Dr Pyckle and Mr Pride com Stan Laurel online


Não deixe de ler: Youtube não respeita a lei brasileira

The Renunciation - D W Griffith - Mary Pickford - 1909

Dois mineiros brigam por uma mulher e um está prestes a matar o outro enquanto este dorme. O crime não acontece mas ambos concordam em duelar até a morte.

Mary Pickford rouba a cena com uma atuação excelente.


The Renunciation
D.W. Griffith
EUA / 1909
Preto e branco
Sem som
Duração 12:04 min
Elenco








 Assistir The Renunciation online




Não deixe de ler: Youtube não respeita a lei brasileira

Série Charlie Chan - Warner Oland / Sidney Toler - Filmes completos e legendados online


Mais uma postagem foi feita com em colaboração e uso de textos e uploads do canal no youtube, que é excelente. Vale conferir. Destaque para Charlie Chan na Ópera com Boris Karloff.

Essa série serviu de inspiração para o desenho animado com mesmo nome que mostrava as peripécias da família Chan e suas investigações.

Tanto o filme quanto o desenho são muito bons.







Qual o verdadeiro motivo para retirarem do ar: Youtube não respeita a lei brasileira


Charlie Chan em Londres - 1934 - Filme Completo Legendado




Sinopse: Em Londres Paul Gray (Douglas Walton) é condenado à pena de morte pelo crime chamado pela imprensa de "assassinato no estábulo". Sua apelação foi negada, assim ele será enforcado em três dias. A irmã de Paul, Pamela (Drue Leyton), vai com o noivo, Neil Howard (Ray Milland), e Geoffrey Richmond, um grande amigo, falar como o ministro para ele interceder no caso, mas ele diz que nada pode fazer. Entretanto Kemp, o secretário do ministro, fica tão impressionado com a convicção de Pamela, que acredita haver a possibilidade de um erro judiciário, e lhe dá o endereço de Charlie Chan (Warner Oland), que tinha pego um assassino para o governo inglês e em breve voltaria para Honolulu. Pamela chega na casa de Chan bem nervosa, assim quem narra tudo é Neil. O que Chan ouve é o suficiente para fazê-lo cancelar sua viagem, assim ele ruma para a casa de campo onde aconteceu o crime. Porém o tempo é muito curto, pois é necessário provar que outra pessoa cometeu o crime em três dias.

Elenco:

Warner Oland ... Charlie Chan
Drue Leyton... Pamela Gray
Ray Milland... Neil Howard (as Raymond Milland)
Mona Barrie... Lady Mary Bristol
Douglas Walton... Paul Gray
Alan Mowbray... Geoffrey Richmond
George Barraud... Maj. Jardine
Paul England... Bunny Fothergill
Madge Bellamy... Becky Fothergill
Walter Johnson... Jerry Garton
Murray Kinnell... Phillips
E.E. Clive ... Det. Sgt. Thacker
Elsa Buchanan...Alice Perkins (maid)
Reginald Sheffield... Flight Cmdr. King
Perry Ivins... Assistant Home Secretary Kemp
John Rogers... Lake (chief groom)
Helena Grant... Miss Judson (Kemp's secretary)
C. Montague Shaw... Doctor
Phyllis Coghlan... Nurse
David Torrence... Home Secretary Sir Lionel Bashford
Claude King... RAF aerodrome commander
Mary Gordon... Prison Visitor (uncredited)

Informações Técnicas:

Título Original: Charlie Chan In London
Título PtBr: Charlie Chan em Londres
Diretor: Eugene Forde
Roteiro: Philip MacDonald (writer), Eral Derr Biggers (Criação do personagem), Lester Cole, Stuart Anthony
Produção: John Stone
Música:Samuel Kaylin
Fotografia:L. William O'Connell
Direção de arte:Duncan Cramer
Figurino:Royer
Estúdio:Fox Film Corporation
Distribuidora:Fox Film Corporation
País: USA
Data: 12 de Setembro de 1934
Gênero: Crime, Suspense, Mistério, Policial
Duração: 78 minutos


Charlie Chan em Shanghai - 1935 - Filme Completo Legendado




Sinopse: Desta vez Charlie Chan é convidado a ir a Shanghai para investigar uma gangue de traficante de ópio. A trama envolvendo um jovem que poderá ser condenado a morte por tentativa de homicidio contra Charlie Chan. Somente a brilhante atuação de Charlie poderá resolver este caso. Um caso de traição, romance e morte.

Elenco:

Warner Oland ... Charlie Chan
Irene Hervey ... Diana Woodland
Jon Hall ... Philip Nash (as Charles Locher)
Russell Hicks ... James Andrews
Keye Luke ... Lee Chan
Halliwell Hobbes... Colonel Watkins, police commissioner
Frederick Vogeding... Ivan Marloff (mistakenly listed as 'Burke' in on-screen credits) (as Frederik Vogeding)
Neil Fitzgerald ... Dakin - Colonel Watkins' Aide
Max Wagner ... Taxi Driver Henchman

Ficha Técnica:

Título Original: Charlie Chan in Shanghai
Gênero: Aventura - Suspense - Policial
Duração: 71 min
Cor: Preto e Branco
Compania: Fox Film Corporation
Direção: James Tinling
 

Charlie Chan na Ópera - 1936 - Filme Completo Legendado



Sinopse: Há alguns anos Gravelle (Boris Karloff), um famoso cantor lírico, está internado em um sanatório mas ninguém sabe quem ele é, pois sofre de amnésia. Repentinamente ele lê uma notícia no jornal que lhe provoca lembranças e então foge. Quando acontece um assassinato na ópera, ele é considerado o principal suspeito por Kelly (William Demarest), um detetive da polícia. Para ele o caso está fechado, mas Charlie Chan (Warner Oland) não está totalmente convencido da culpa de Gravelle e nem que ele seja realmente louco. Gradativamente Chan conclui que um grande mistério acontece nos bastidores da ópera.

Elenco:

Warner Oland (Charlie Chan)
Boris Karloff (Gravelle)
Keye Luke (Lee Chan)
William Demarest (Sargento Kelly)
Guy Usher (Inspetor Regan)
Margaret Irving (Madame Lilli Rochelle)
Gregory Gaye (Enrico Bonelli)
Nedda Harrigan (Madame Anita Borelli)
Frank Conroy (Sr. Whitely)
Charlotte Henry (Kitty Rochelle)
Thomas Beck (Phil Childers)
Maurice Cass (Sr. Arnold)

Informações Técnicas:

título original:Charlie Chan at the Opera
gênero:Suspense / Policial
duração:01 hs 08 min
ano de lançamento:1936
estúdio:Twentieth Century Fox Film Corp.
distribuidora:20th Century Fox Film Corporation
direção: H. Bruce Humberstone
roteiro:Scott Darling e Charles Belden, baseado em estória de Bess Meredyth
produção:John Stone
música:Samuel Kaylin
fotografia:Lucien N. Andriot
direção de arte:Duncan Cramer e Lewis H. Creber
figurino:Herschel McCoy
edição:Alex Troffey

 
Charlie Chan em Monte Carlo - 1937 - Filme Completo Legendado





Sinopse: Desta vez Charlie Chan acompanha seu filho Lee até Mônaco para uma exposição de arte.Mas o roubo de bônus de uma empresa e o assassinato cruel e premeditado de algumas pessoas envolvem Charlie, Lee e o chefe de polícia de Monte Carlo numa ciranda de mentiras, chantagens e traições. O amor é posto à prova e o crime seria sua razão? Assistam mais esta aventura recheada de mistérios.

Elenco:

Warner Oland .... Charlie Chan
Keye Luke .... Lee Chan
Virginia Field .... Evelyn Gray
Sidney Blackmer .... Victor Karnoff
Harold Huber ... French Police Inspector
Kay Linaker ... Joan Karnoff
Robert Kent ... Gordon Chase


Informações Técnicas:

Original: Charlie Chan at Monte Carlo
Brasil: Charlie Chan em Monte carlo
Diretor: Eugene Forde
Roteiro: Charles Belden, Earl Derr Biggers
Gênero, Suspense, Policial, Comédia
País: USA
Ano: 1937
Duração: 71 min.
Cor: B&W


Charlie Chan nas Olimpíadas - 1937 - Filme Completo Legendado



Sinopse: Os espiões têm uma invenção que permitirá controlar aeronaves por controle remoto. A Marinha americana, a polícia de Berlim e Lee Chan, o filho número 1 (membro do time de natação americano nas Olimpíadas de Berlim) ajudam Charlie Chan a capturar os espiões.

Elenco:

Warner Oland .... Charlie Chan
Katherine DeMille .... Yvonne
Pauline Moore .... Betty Adams
Allan Lane .... Richard Masters
 

Charlie Chan em Honolulu - 1939 - Filme Completo Legendado





Sinopse: Desta vez Charlie Chan contará com a ajuda de seu filho James Chan para desvendar o desaparecimento de milhares de dólares, assassinatos, e mentiras em um navio atracado em Honolulu. Poderia um profesor, uma viúva e um mafioso estarem envolvidos nestes crimes? Afinal quem é a viúva?
não pecam mais essa emocionante aventura..

Título Original: Charlie Chan in Honolulu
gênero: Suspense, policial, ação, comédia
Tempo de Duração: 75 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1938
Estúdio: 20th Century Fox
Distribuição: 20th Century Fox Film Corporation
Dureção: H. Bruce Humberstone
Roteiro: Charles Belden

Atores:
Sidney Toler ... Charlie Chan
Phyllis Brooks ... Judy Hayes
Victor Sen Yung ... James Chan (as Sen Yung)
Eddie Collins ... Al Hogan
John 'Dusty' King ... Randolph (as John King)
Claire Dodd ... Mrs. Carol Wayne
George Zucco ... Dr. Cardigan
Robert Barrat ... Captain Johnson
Marc Lawrence ... Johnny McCoy
Richard Lane ... Joe Arnold
Layne Tom Jr. ... Tommy Chan
Philip Ahn ... Wing Foo
Paul Harvey ... Inspector Rawlins

Não deixe de ler: Youtube não respeita a lei brasileira

Winsor McCay the Famous Cartoonist of the NY Herald and His Moving Comics - Little Nemo - 1911

O filme começa com o cartunista Winsor McCay concordando em criar um conjunto de desenhos que serão fotografados e transformados em um filme.

A animação é feita usando muito papel e tinta, além de um assistente meio doido. Finalmente, o trabalho pronto é mostrado no final.

Gostei muito, especialmente da mistura de filme, animação, preto e branco e colorido. Acho que por ser uma obra centenária, poucas (se é que há alguma) fizeram essa combinação antes, e de forma tão bacana.









Título: Little Nemo
Direção:Winsor McCay e J. Stuart Blackton
País: EUA
Ano: 1911
Duração: 10:35 min
Preto e branco e colorido
Filme e animação
IMDb


Assistir Little Nemo online




Não deixe de ler: Youtube não respeita a lei brasileira

Fatty Joins the Force - George Nichols - Roscoe 'Fatty' Arbuckle - 1913


 
Após resgatar a filha do Comissário que estava se afogando, Fatty é recompensado com um cargo na polícia, mas logo descobre que o trabalho não é fácil.

Título: Fatty Joins the Force
País: EUA
Ano: 1913
Direção: George Nichols
Elenco completo
IMDb
Preto e branco
Sem som
Duração: 13:43 min




Assistir Fatty Joins the Force online



Não deixe de ler: Youtube não respeita a lei brasileira

Betty Boop For President - Dave Fleischer - 1932


Excelente animação onde a candidata apresenta suas promessas de campanha, que são hilárias.

Um dos melhores da Betty Boop que vi até agora.


Ela parodia os candidatos reais e a camara dos deputados é retratado por elefantes e jumentos, o que dá um toque de realismo ao desenho.




Título: Betty Boop For President
País / Ano: EUA / 1932
Diretor: Dave Fleischer
Preto e branco
Sonoro
Animação
Duração: 6:29 min






Assistir Betty Boop For President de Dave Fleischer


Mas se o candidato não for a Betty Boop ou alguém realmente sério, então:



Não deixe de ler: Youtube não respeita a lei brasileira

Genuine A Tale of a Vampire - Robert Wiene - 1920


Do mesmo diretor e ano do excelente The Cabinet of Dr. Caligari essa obra acabou sendo ofuscada pelo sucesso do Caligari. Tem uma atmosfera de sonho, como se fosse outro mundo ou algo assim. O filme é hipnótico. Importante salientar que são duas obras totalmente diferentes e incomparáveis por tamanha diferença. Mas se você gosta de filmes mudos eu recomendo este filme. A imagem é maravilhosa.

Título original: Genuine
Origem / Ano: Alemanha / 1920
Diretor: Robert Wiene
Roteiro: Carl Mayer
Preto e branco
Sem som
Duração: 44 minutos (versão restaurada)
Elenco completo



Assistir Genuine (A Tale of a Vampire) de Robert Wiene online


Genuine A Tale of a Vampire - Robert Wiene - 1920 por Telecinebrasil  no Videolog.tv.





Esse foi um dos filmes de domínio público bloqueados sob alegação de desrespeito aos direitos autorais


Nós, que temos blogs e somos, de certa forma, a alternativa de acesso a cultura gratuita, de qualidade e sem os filtros da grande mídia, temos que divulgar (cada vez mais) as ameaças à liberdade de expressão.

Leia. Pense. Divulgue. Participe.
Leia também: Youtube não respeita a lei brasileira

The Lonely Villa - D W Griffith - 1909


 
O filme mostra uma típica família americana que é atacada por uma gangue de ladrões, que ameaça a mulher e filhos enquanto o homem tenta salvá-los. A família refugia-se  em uma sala mas os criminosos estão bem equipados.

Este é um bom exemplo de uma idéia que Hollywood usa até hoje. O Quarto do Pânico é um exemplo. O suspense é o forte dessa obra fazendo o filme ser interessante mesmo hoje, mais de um século depois.

Mary Pickford, ainda muito jovem, é uma das filhas que está na casa.



Diretor:  D.W. Griffith
País / Ano: EUA / 1909
Preto e branco
Sem som
Duração: 7:45 min.




Assistir The Lonely Villa de Griffith online


Não deixe de ler: Youtube não respeita a lei brasileira

Greta Garbo 'lonely'

É só uma homenagem à Greta Garbo que encontrei e resolvi postar.





Não deixe de ler: Youtube não respeita a lei brasileira

Fatty's Magic Pants (Fatty's Suitless Day) - Roscoe 'Fatty' Arbuckle - 1914


Neste curta, 'Fatty' Arbuckle Roscoe faz rir com uma idéia muito simples, ele precisa se preparar para uma ocasião formal mas encontra muitas dificuldades para conseguir seu traje.

O filme é simples e Arbuckle é muito bom.

Nome: Fatty's Magic Pants
Diretor: Roscoe 'Fatty' Arbuckle
País / Ano: EUA / 1914
Preto e branco
Sem som
Duração: 12:23 min.

Assistir Fatty's Magic Pants (Fatty's Suitless Day) de Roscoe 'Fatty' Arbuckle online


Não deixe de ler: Youtube não respeita a lei brasileira

The Sunbeam - D W Griffith - 1912


O filme mostra uma menina que acaba de perder a mãe. Ao sair da casa consegue aproximar dois vizinhos que não as falavam.

Filme curto e bastante interessante, feito durante a fase que Griffith trabalhou para a American Mutoscope and Biograph Company.




Assistir The Sunbeam online


Não deixe de ler: Youtube não respeita a lei brasileira

Youtube não respeita a lei brasileira


Em primeiro lugar deve-se esclarecer que o direito autoral é regido atualmente no Brasil pela Lei 9.610/98. Essa Lei conceitua obra audiovisual como sendo aquela que: "resulta da fixação de imagens com ou sem som, que tenha a finalidade de criar, por meio de sua reprodução, a impressão de movimento, independentemente dos processos de sua captação, do suporte usado inicial ou posteriormente para fixá-lo, bem como dos meios utilizados para sua veiculação;".

A mesma Lei, no artigo 44 determina que: "O prazo de proteção aos direitos patrimoniais sobre obras audiovisuais e fotográficas será de setenta anos, a contar de 1° de janeiro do ano subseqüente ao de sua divulgação.", e artigo 45: "Além das obras em relação às quais decorreu o prazo de proteção aos direitos patrimoniais, pertencem ao domínio público: I - as de autores falecidos que não tenham deixado sucessores; II - as de autor desconhecido, ressalvada a proteção legal aos conhecimentos étnicos e tradicionais." Como estamos em 2011, todas as obras audiovisuais anteriores a 1940 são de domínio público dentro do território brasileiro.

O exposto é o texto da Lei, que deve ser obedecido por todos os que estejam no Brasil, não importando se esse "estar no Brasil" seja fisicamente ou virtualmente, como é o caso de muitas empresas/sites da internet, que usam provedores fora do Brasil, mas são acessadas e ganham muito dinheiro fazendo negócios em terras brasileiras.

Importante frisar que, o direito autoral, se de um lado garante ao autor a exploração comercial de sua obra, de outro, garante a qualquer do povo utilizar sem pagar as obras que sejam de domínio público. Isso promove o acesso à cultura e sua renovação, bem como a divulgação e conservação da história, no caso, das obras audiovisuais.

A divulgação da história do cinema é a proposta do blog.




Agora vamos ao Youtube.

Qualquer um que tenha tido alguma restrição por suposta violação ao direito autoral em seus vídeos no Youtube é tratado de acordo com um rígido protocolo que impõe inúmeras arbitrariedades.

Primeiro é recebido um aviso de que seu vídeo viola os direitos autorais onde se diz que: "Corresponde a conteúdo de terceiros. Ver informações sobre direitos autorais." e quando se acessa o link aparece o nome daquele que se diz detentor dos direitos autorais da obra.

O segundo passo levaa uma tela onde aparecem as seguintes opções:

"Sob determinadas circunstâncias, você pode disputar esta reivindicação de direito autoral. Elas são: A) se o conteúdo foi identificado incorretamente e é de fato uma criação sua totalmente original; B) se você acredita que o seu uso não viola os direitos autorais (por exemplo, está em conformidade com a legislação dos EUA); C) se você de fato tiver uma licença do proprietário para usar esse conteúdo."

Observe-se que a Lei que deve ser obedecida é a dos EUA e não há nenhuma opção para a obra de domínio público.

Para complementar e servir de referência, a norma nos EUA determina que:

A) Se um trabalho foi publicado pela primeira vez antes de 1923, então ele está no domínio público em todas as circunstâncias.
B) Se um trabalho foi publicado pela primeira vez nos Estados Unidos entre 1923 e 1977, e ele foi publicado sem notas de direitos autorais, então ele está no domínio público.
C) Se um trabalho foi publicado nos Estados Unidos entre 1923 e 1963 COM uma nota de direitos autorais, então ele está no domínio público APENAS SE os direitos autorais não foram renovados.
D) Se um trabalho foi publicado pela primeira vez nos Estados Unidos entre 1978 e 1 de Março de 1989, e ele foi publicado sem uma nota de direitos autorais, então eles estão no domínio público somente se o autor não registrou subsequentemente seus direitos autorais.
E) Se um trabalho foi publicado pela primeira vez fora dos Estados Unidos entre 1923 e 1977, e o trabalho não for protegido por copyright em seus país até 1 de Janeiro de 1996, então ele está no domínio público.

Tenho uma conta no Youtube que uso de suporte para os vídeos postados no blog e qualquer um que navegue por ele perceberá que os filmes aqui são todos clássicos do cinema, em estrita obediência à lei brasileira, pois estou no Brasil, sou brasileiro, e portanto, à elas estou submetido, assim como todos pessoas físicas ou jurídicas dentro do território nacional.

O Youtube é uma plataforma virtual de prestação de serviços que explora suas atividades inclusive dentro do Brasil, logo, não pode estar acima das leis que aqui são a todos impostas.

Mas fui punido pelo Youtube porque, em tese, descumpri a lei dos EUA mesmo estando no Brasil.

E não só eu, mas muitas pessoas estão com o mesmo problema.

Clique nas imagens para abrir.


Agora você pode se perguntar:

O que eu tenho com isso?

 ...e a resposta...

nada, enquanto não for com você.


Mas se não fizer nada um dia será.


Por isso peço a todos que possam que divulguem isso em seus blogs, redes sociais, e no mundo real, falando sobre o assunto com os amigos.


Não adianta esperar a solução cair do céu ou o governo fazer alguma coisa, nós que cumprimos as leis temos que exigir o cumprimento delas por todos, e o primeiro passo é mostrar o que está acontecendo.


Realmente não sei se vai haver algum resultado mas estou fazendo a minha parte e espero que, ao menos os que gostam de cinema, colaborem com a divulgação criando suas próprias postagens denunciando esses abusos e enviando comentários com links e sugestões.



Se nada for feito continuaremos tendo que nos submeter a lei dos EUA estando dentro do Brasil por imposição do Youtube.


Ironicamente, quando aconteceu o caso onde veicularam o vídeo da Daniela Cicareli no Youtube, uma ordem judicial suspendeu em todo o Brasil o acesso ao site, mas pelo descumprimento da lei brasileira e imposição arbitrária e ilegal da lei norte-americana dentro do Brasil, até onde sei, nada acontece.


Agradeço a todos e bons filmes.


Frolics Of Satan - Les quatre cents farces du diable - Georges Méliès - 1906


Filme maravilhoso. A história mostra dois viajantes que são atormentados por Satan durante um passeio de carruagem pelo céu antes do diabo pegar um deles e levá-lo para o inferno para assar ​​no espeto.

Este continua sendo um dos filmes mais populares de Melies. É muita divertido. A película foi colorida à mão e ficou muito bacana.


Título: Les quatre cents farces du diable
País / Ano: França / 1906
Diretor: Georges Méliès
Colorido
Sem som
Duração: 4:01 min
IMDb



Assistir online



Our Hospitality - As Leis da Hospitalidade - Buster Keaton - 1923

 
O filme é uma obra de arte da era silenciosa. A história é ambientada no Kentucky em 1830 onde os clãs Canfields e McKays estão em guerra.

Buster Keaton impressiona com suas acrobacias que não devem nada ao Jackie Chan. Ação, humor e suspense em um filme de 1923. A qualidade cinematográfica impressiona.

Durante as filmagens da cena na cachoeira Buster Keaton ingeriu tanta água que precisou de primeiros socorros. Isso aconteceu quando ele está sendo arrastado pela correnteza em direção a cachoeira. Havia um cabo que arrebentou e ele foi arremessado para baixo nas corredeiras. Buster foi atingido por pedras mal foi capaz de agarrar um galho.

 
Esta cena está na montagem final sendo fácil de detectar. Basta olhar para o ponto no qual Keaton está sendo puxado pela correnteza e ele olha para trás em direção à câmera, a sua velocidade na água aumenta quase levando-o para fora do enquadramento.

Joe Roberts fez sua última aparição neste filme. Big Joe sofreu um derrame durante as filmagens e foi hospitalizado. Ele insistiu em retornar ao trabalho e morreu logo após o final das filmagens.



Assistir Our Hospitality (As Leis da Hospitalidade)
Buster Keaton on line

Our Hospitality - As Leis da Hospitalidade - Buster Keaton - 1923 por Telecinebrasil no Videolog.tv.




TeleCineBrasil
O blog que o cinema pariu

A Beast at Bay - D W Griffith - Mary Pickford - 1912


Filme muito interessante que foi mencionado por Mary Pickford em seus escritos e entrevistas. Griffith teceu elogios por sua atuação, o que não era muito comum.
 
Este foi um dos primeiros filmes a ter uma perseguição de carro. Mary chegou a dirigir a até 54 quilômetros por hora durante as cenas de perseguição, o que era bastante para a época.


 
Logo no início do filme você deve observar que Mary está muito confortável dirigindo o carro ficando claro que ela tinha muita prática. Ela adorava carros.

A corrida com o trem é brilhante e você pode ter uma boa noção da velocidade.


Informações IMDb


Elenco completo



A Beast at Bay - D W Griffith - 1912 online



Mais uma velha novidade no blog TeleCineBrasil.
O blog que o cinema pariu.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...